terça-feira, 7 de julho de 2015

Um lugar para ser Feliz, filme nacional - Assista o trailer

A  Red Films, pioneira em produções cristãs no Brasil com o filme "As Estrelas me Mostram Você", agora formalizou o seu mais recente título, o filme "Um lugar para ser Feliz" - o qual será distribuído pela Sony Pictures Home e Sony Music.

A trama tem como protagonistas os atores Victor Pecoraro e Francyele Comunello, que fazem um par romântico. O elenco conta ainda com Ilze Körting, Carlinhos Félix, Asaph Borba, Lito Atalaia, José Passinato, Gustavo Bezerra e Edson Bruno.
Sinopse: O filme “Um Lugar Para Ser Feliz” conta a história de Artur (Victor Pecoraro), um homem que se acostumou a viver na pequena e aconchegante cidade de Campo Alegre, e que deixou seus sonhos de lado para cuidar de sua mãe alcoólatra, Alzira (Ilze Körting), e de seu pequeno irmão Rodrigo (Gustavo Bezerra). Artur vê sua vida mudando quando seu amor de infância Marcela (Franciely Comunello) volta a Campo Alegre para vender a casa de seus pais e substituir uma amiga dentista. Eles se reencontram e juntos irão viver mais do que um amor, irão ajudar a reconstruir um antigo sonho do Tio Peter (Carlinhos Félix), um grande homem que criou Artur praticamente como um filho.
Este filme irá mostrar que por trás de cada sorriso existe a dor de uma vida que pode ser reconstruída.
Produção: Grupo Red Films
Direção: Fábio Faria
Distribuição: Sony Music
Instagram: @gruporedoficial
Assista o trailer do filme Um Lugar para ser feliz


fonte: https://www.facebook.com/UmLugarParaSerFelizOFilme?fref=ts

2 comentários:

Juliana Carmonni disse...

O roteiro é lindo, mais a atuação dos atores é fraca falta dinâmica entre eles... ou seja, cenas muito paradas, parece que esqueceram a fala....mas, o pastor em uma de suas falas diz que nem sempre entendemos os caminhos de Deus; talvez se houvesse toda aquela dinâmica, não teríamos tempo para refletir nas mensagens ditas por Deus para nós; senão, veja: temos uma história de podemos chamar de verídica; nas entrelinhas podemos ler que Deus deixou alguns recados.... notei, entendi que : pastor negro numa terra de brancos, descendentes de europeus...preconceito a ser vencido; pastor pessoa humana abatido perdido, sem forças; com a morte da esposa, dois filhos, chorou, sentiu-se sem forças; politico corrupto; corruptor manipulando até a casa de Deus, até a fé das pessoas; sem contar a agressão doméstica; o abismo da D'Alzira, alcoolismo, abandono dos filhos sobreviventes; todo esse contexto retratado atrás, como pano de fundo, da história do casal - lições de vida, abandono, solidão, perdão, solidariedade, amizade, amor..... Deus é maravilhoso, realmente Deus do impossível, que nos abandona ou esquece; parabéns aos atores, diretor, autor; toda equipe.... e lembre-se "Vede quão grande amor nos tem concedido o Pai, que fôssemos chamados filhos de Deus. Por isso o mundo não nos conhece; porque não o conhece a ele." 1 João 3:1 - amém. ( compartilhei da Lia Pereira)

Juliana Carmonni disse...

O roteiro é lindo, mais a atuação dos atores é fraca falta dinâmica entre eles... ou seja, cenas muito paradas, parece que esqueceram a fala....mas, o pastor em uma de suas falas diz que nem sempre entendemos os caminhos de Deus; talvez se houvesse toda aquela dinâmica, não teríamos tempo para refletir nas mensagens ditas por Deus para nós; senão, veja: temos uma história de podemos chamar de verídica; nas entrelinhas podemos ler que Deus deixou alguns recados.... notei, entendi que : pastor negro numa terra de brancos, descendentes de europeus...preconceito a ser vencido; pastor pessoa humana abatido perdido, sem forças; com a morte da esposa, dois filhos, chorou, sentiu-se sem forças; politico corrupto; corruptor manipulando até a casa de Deus, até a fé das pessoas; sem contar a agressão doméstica; o abismo da D'Alzira, alcoolismo, abandono dos filhos sobreviventes; todo esse contexto retratado atrás, como pano de fundo, da história do casal - lições de vida, abandono, solidão, perdão, solidariedade, amizade, amor..... Deus é maravilhoso, realmente Deus do impossível, que nos abandona ou esquece; parabéns aos atores, diretor, autor; toda equipe.... e lembre-se "Vede quão grande amor nos tem concedido o Pai, que fôssemos chamados filhos de Deus. Por isso o mundo não nos conhece; porque não o conhece a ele." 1 João 3:1 - amém. ( compartilhei da Lia Pereira)